Você está aqui:
Início > Cães > Depois de anos de descuido, ninguém sabia qual a raça desse cachorro… A sua transformação faz qualquer um chorar!

Depois de anos de descuido, ninguém sabia qual a raça desse cachorro… A sua transformação faz qualquer um chorar!

Ás vezes, uma pequena mudança nos torna completamente diferentes. Temos a tendência de deixarmos, por vezes, algumas situações irem ao extremo, por falta de tempo, interesse ou mesmo por descuido ou maldade.

A 10 de Junho de 2014, uma equipe de voluntários de resgate de cachorros, visitou um abrigo para cães em Gran Tokyo. Foram chamados, para ajudar a descobrir de que raça era um cachorro que tinha sido resgatado das ruas. As palavras faltaram ao ver o estado dele…

チロのアトリエ
チロのアトリエ

Seu pêlo tinha crescido de uma maneira tão descuidada, que se tornava impossível descobrir sua raça, já que olhos e contornos do corpo estavam cobertos de pelo emaranhado. Ele se tornou em um tapete de rastas. Ninguém conseguia dizer ao certo quanto tempo o cachorro tinha passado sem tratamentos ou cuidados, talvez anos.

O seu estado denuncia um grande descuido da parte de seu dono, mesmo antes de abandoná-lo.

チロのアトリエ
チロのアトリエ

Esse amigo de quatro patas, estava nervoso e tremendo, quando o resgataram da rua mas logo ficou à vontade, brincalhão e amigável. O abandono, descuido e maus tratos não afetaram a sua personalidade despreocupada e sociável.

チロのアトリエ
チロのアトリエ

Os voluntários, ponderaram inúmeras hipóteses para descobrir de que raça era afinal este amigo. Um banho não seria suficiente para desmanchar os nós de seu pêlo, por essa razão, já só restava avançar para uma tosquia.

チロのアトリエ
チロのアトリエ

O primeiro passo foi cortar o pêlo junto da face, com toda a precaução, foram buscando a raiz do pêlo. Seguiram para o resto do corpo, com o mesmo cuidado e foram tirando kilos e kilos de espesso pêlo sujo e emaranhado, com uma máquina elétrica própria para tosquias.

チロのアトリエ
チロのアトリエ

Todo esse processo moroso, faz lembrar as tosquias das ovelhas.
O cachorrinho finalmente está livre de todo aquele peso e sujidade. A equipe deu para ele o nome de Ginta, (menino de prata) por causa da cor de seu pêlo. Depois de tudo isso, não podia parar de saltar, como quem festeja. 
hbgnfv

Apesar de todos os anos de descuidos e maus tratos, da parte de seu dono, Ginta hoje é feliz. As pessoas, têm que assumir suas responsabilidades, seus compromissos! Uma vida, seja ela humana ou não, tem de ser cuidada e respeitada. Não podemos deixar que isto continue acontecendo à nossa volta, pois, nem todos os finais são felizes como o de Ginta!

Se você é contra a falta de compromisso com a vida, compartilhe com seus amigos e familiares.

Fonte http://historiascomvalor.com/

Deixe uma resposta

Top
Loading...